Iperius® Remote

Tutorials

« All Tutorials


Painel de Administração da Web – Criação/Modificação de Usuários e Grupos




O Iperius Remote é o mais simples e eficiente programa para suporte e acesso remoto, permitindo acessar rapidamente qualquer computador conectado à internet.

A partir da versão 2.0 foi implementado, além de um renovado catálogo  de endereços, uma nova rotina para usuário onde onde o operador consegue separar sessões remotas e visualizar detalhadamente suas estatísticas.

Avançando para a nova versão 3.1.0 sendo incluído um novo painel administrativo pela internet, permitindo cadastrar e modificar usuários (operadores) e grupos compartilhados, elaborar avançadas estatísticas filtrando-as por data, nome de operador e grupo além de permitir sua exportação para o formato .xls.

O acesso ao Painel Administrativo do Iperius Remote é feito clicando no ícone “Administração”

Para acessar o painel de administração, abra o Iperius Remote e clique no ícone “Área administrativa” na parte inferior do programa (conforme imagem abaixo).

Nota: naturalmente SOMENTE os usuários Administradores podem acessar essas configurações.

Assim, será aberta no seu navegador uma página para acesso, após conectado com a conta Master o Painel Administrativo do Iperius Remote será apresentado.:

Agora no Painel, é possível definir filtros para estatísticas por Grupo, Dados e Operador assim como exportá-las no padrão de arquivo .xls.

A seguir, conheça com mais detalhes as operações fundamentais que podem ser executadas no painel de administração.

– Cadastro de um novo Operador:

Para cadastrar um novo operador, selecione na guia a esquerda a opção “Operadores”, exibindo a lista de todos os operadores e informações relacionadas ao status do Operador, aos Grupos permitidos e suas Funções:

Aqui, clique em “Adicionar usuário” e informe os dados do operador que esteja cadastrando.

Além do nome, sobrenome e e-mail, o nome de usuário e senha precisarão ser definidos conforme os seguintes critérios:
– o nome para usuário embora alfanumérico NÃO PODERÁ conter caracteres especiais, exceto “@” e “_”;
– a senha deve ser composta com  mínimo de 8 caracteres, dos quais pelo menos uma maiúscula, uma minúscula e um caractere especial.

É possível definir o usuário estar ou não ativo no momento do cadastro, selecionando ou removendo a opção “Usuário ativo”.

Por fim, podendo atribuir o nível de acesso escolhendo entre “Usuário” ou “Administrador”, em relação às permissões que deseja conceder ao operador:
– Na função “Usuário” é permitido apenas criar grupos privados e visualizar suas estatísticas de conexão;
– Na função “Administrador” é permitido além de acessar o painel de administração para cadastrar/modificar usuários e grupos compartilhados, exibir estatísticas de todos os operadores permitidos na licença;

Na opção denominada “Grupos” não é permitida sua modificação sem antes confirmar e cadastrar o próprio usuário.

Após inseridos todos os dados, siga clicando no botão “Adicionar” localizado no canto inferior direito, validando os dados e criando o usuário. Estando todos eles inseridos corretamente, será exibida uma mensagem confirmando a inclusão e o  operador será incluído à lista de operadores:

Ao clicar no operador recém-cadastrado, os “Grupos” serão preenchidos automaticamente com todos os grupos compartilhados permitidos, podendo ser alterados ou removidos grupos específicos.

– Alterando um Operador existente:

Para alterar um operador existente, clique no menu à esquerda a guia “Operadores”, similar ao processo de  cadastro.
Aqui, selecione o nome do operador a ser alterado: as informações relacionadas a ele serão carregadas e exibidas na respectiva tela, conforme imagem abaixo.

Após alterar as informações desejadas, apenas clique no botão “Salvar” localizado no canto inferior direito, confirmando as alterações.

– Gerenciar Grupos Compartilhados:

Seguindo para o gerenciamento de Grupos Compartilhados.
Diferente do Grupo Privado, o Grupo Compartilhado sendo criado no Painel da Administração só pode ser gerenciado e visualizado pelos administradores da licença, assim como além dos administradores por usuários selecionados.

Esse comportamento permite uma diversificação precisa de quais grupos e assim, quais computadores os operadores podem visualizar e iniciar uma conexão remota.

A visualização dos Grupos Compartilhados sob licença pode ser efetuada ao clicar na guia “Grupos” localizada no menu à esquerda, conforme imagem abaixo:

– Criando um Grupo Compartilhado:

A criação de um grupo compartilhado pode ser efetuada ao selecionar a guia “Grupos” localizada no menu à esquerda,  e clicando na opção “Adicionar Grupo”, conforme imagem abaixo:

Aqui, ao serem informados os dados do usuário a ser criado pode-se incluir dados como nome, endereço, telefone e o que mais for necessário configurando um grupo como um agrupamento eficaz de todos os computadores em uma determinada empresa.

As opções abaixo classificadas como “Computador” e “Usuários” não podem ser alteradas sem antes confirmadas após criar o próprio grupo.

Concluída a inclusão dos dados, basta clicar no botão “Salvar” localizado na parte inferior confirmando a criação do Grupo Compartilhado. Se tudo estiver correto o novo Grupo estará disponível na lista Grupo, conforme imagem abaixo:

Ao clicarmos no grupo recém-criado, visualizaremos a caixa “Operadores” preenchida automaticamente com todos os operadores configurados, podendo ser modificados removendo operadores específicos da caixa.

Isso ocorre por conta dos grupos compartilhados serem gerenciados apenas por usuários administradores e, portanto, direitos para visualização e edição são atribuídos a eles automaticamente quando um grupo é criado.

– Editando um Grupo Compartilhado

Concluída a criação do Grupo Compartilhado, é possível sua alteração incluindo computadores e usuários senão apenas editando as informações registradas anteriormente tais como nome, endereço, descrição … etc.
Para as alterações relacionadas a informações básicas do grupo e usuários, será necessário clicar no botão “Salvar” para confirmar essas alterações.

Senão, para incluir computadores no grupo é suficiente selecioná-los no menu suspenso na área “Computador”, conforme imagem abaixo:

– Gerenciando Computadores:

Aqui é apresentado como as informações básicas de um computador da lista de estações de trabalho, isto é, em qual Conta de Cliente ele está associado pela licença adquirida do Iperius Remote.

Por padrão, o nome original do computador ou servidor costuma ser simplificada como Server2012, Windows10, ServidorWEB .. etc., dificultando ou até impossibilitando identificar rapidamente qual estação deseja-se estabelecer uma conexão.

Utilizando o Iperius Remote é um problema que pode ser facilmente resolvido, nomeando-os de maneira mais detalhada no catálogo de estações mas lembre-se, não há alterações no computador mas apenas na lista catálogo de computadores gerenciados pelo Iperius Remote.

Num exemplo prático, acessou-se o menu à esquerda e foi selecionado a guia “Computador” para em seguida tentar alterar as informações relacionadas à estação “TestServer”, presente na lista de computadores e depois foi selecionado o computador para exibir suas configurações:

Nesta tela foram aplicadas modificações nas informações relacionadas ao computador “TestServer”, alterando o nome da estação e também acrescentando outros dados como nome da empresa e alguma descrição. Uma senha personalizada também foi definida e apenas para essa estação, reforçando as proteções para acesso.

A confirmação das alterações foi aplicada ao clicar no botão “Salvar”, conforme imagem abaixo:

Todas as alterações aplicadas com sucesso, uma mensagem de confirmação foi exibida e o nome do computador foi alterado automaticamente, assim como na no Catálogo de Estações, conforme imagem abaixo:




If you have any questions or concerns regarding this tutorial, Contact us